Segunda, 11 Agosto 2014 00:19

Dátolo marca no fim, Atlético-MG vence e deixa Palmeiras à beira da zona do rebaixamento

Escrito por  Cleivison Costta
Avalie este item
(0 votos)

Atlético-MG joga pela Libertadores

 

A situação do Palmeiras no Campeonato Brasileiro é cada vez mais preocupante para o seu torcedor.

Neste domingo, o time do Palestra Itália estava garantindo ao menos um empate fora de casa, mas amargou mais uma derrota na competição. Na Arena Independência, o Atlético-MG acreditou até os últimos minutos e foi buscar a vitória por 2 a 1 com um gol de Dátolo, aos 43 do segundo tempo.

Assim, Ricardo Gareca segue sem vencer após o seu quinto jogo sob o comando do Palmeiras no Campeonato Brasileiro. O clube do Palestra Itália, aliás, se aproxima da zona de rebaixamento, com 14 pontos, um a mais do que o primeiro time que está na degola. O próximo compromisso alviverde será o clássico contra o São Paulo, no Pacaembu, no próximo domingo, às 16 horas (de Brasília).
O Atlético-MG, por sua vez, dá um importante passo com o triunfo. A equipe comandada por Levir Culpi ganhou três posições após a vitória sobre o Palmeiras, assumindo a sexta colocação, com 22 pontos conquistados. Na tentativa de manter o embalo na competição e começar a pensar em Libertadores, o time volta a campo no domingo, contra o Figueirense, às 18h30 (de Brasília), fora de casa.

Todos erram. Tardelli acerta

Desde os primeiros minutos, as duas equipes mostraram muita disposição no Independência. Em uma partida muito movimentada, Atlético-MG e Palmeiras tinham espaços para trabalhar a bola, mas erravam muitos passes no campo de ataque. Desta formas, as únicas jogadas de perigo criadas no início de jogo eram iniciadas justamente em erros da defesa adversária.

Ao demorar a sair com a bola da defesa, o Palmeiras permitia a pressão do adversário, que quase aproveitou a chance com Jô, após um escorregão de Tobio. O atacante alvinegro invadiu a área com liberdade, bateu de perna direita e acertou o lado de fora da rede. Na sequência, Felipe Menezes foi quem entregou para Diego Tardelli, que obrigou Fábio a fazer linda defesa.

A saída de bola do Atlético-MG também não era boa, mas o Palmeiras pouco aproveitava. Nos raros momentos em que a triangulação era bem sucedida, a finalização era ruim. O Atlético-MG, portanto, aproveitou. Já no fim do primeiro tempo, Tardelli recebeu o passe na intermediária, emendou o chute de perna esquerda e acertou o ângulo de Fábio, que nada pôde fazer para evitar o primeiro do time da casa.

Dátolo decide no final

A etapa complementar começou em ritmo mais lento. Para diminuir os erros de passes, as duas equipes passaram a valorizar a posse de bola no meio de campo. A estratégia foi mais vantajosa para o Palmeiras, que encontrou o gol de empate na bola parada. Após cobrança de escanteio, Felipe Menezes desviou na primeira trave e Henrique apareceu para desviar ao fundo da rede.

Apesar de ter empatado a partida, o Palmeiras seguiu deixando espaços na defesa e precisou de seu goleiro para segurar o empate. Logo após o gol de Henrique, Jô recebeu o passe nas costas do zagueiro, saiu na cara de Fábio, tentou o chute de esquerda e o arqueiro fez linda defesa. Em seguida, Dátolo assustou em chute de fora da área por cima do travessão.

Com a proximidade do apito final, o gol do Atlético-MG parecia questão de tempo. O Palmeiras não respondia mais, enquanto os donos da casa passaram a ficar apenas no campo de ataque. Assim, depois que Josimar errou na saída de bola, Luan desceu no lado direito, cruzou rasteiro, Tobio não afastou e Dátolo saiu livre para completar ao fundo da rede.

 

 

Fonte: ESPN

Lido 2385 vezes

Pesquise no site

Amigos online

Temos 995 visitantes e Nenhum membro online