Terça, 24 Fevereiro 2015 00:00

Silas exalta resultado, mas revela cansaço: "queria ter seis substituições" Destaque

Escrito por 
Avalie este item
(0 votos)

 Uma pesquisa de opinião ao torcedor do Ceará sobre o empate diante do Icasa, no Romeirão, certamente geraria um peso maior para o lado desagradável.

 

Foi um jogo com momentos distintos, o resultado em si e como ele foi construído, gera um fator negativo. Pelo segundo jogo consecutivo, o Ceará tem o jogo aparentemente sob controle, mas se acomoda em cima do resultado e causa palpitações nos momentos finais do jogo.

Diante do Maranguape, um placar elástico de 3 a 0, tudo calmo e controlado. Em menos de 10 minutos, empate do Gavião da Serra, o desafogo veio em seguida ao empate, com Marcos Aurélio. Diante do Icasa, a mesma situação: resultado construído e novamente o empate cedido, mas sem o diferencial da partida anterior. 

 

Taticamente o Ceará apresentou evolução, mas sofre com a sequência exaustiva de jogos e viagens. Isso vem dando uma sobrecarga no elenco. 

 

 - Acho que fizemos um primeiro tempo melhor, o Icasa foi superior no segundo tempo. Mas eu queria ter seis substituições para fazer, estamos na disputa de duas competições, sequência de jogos, então o cansaçõ fica aparente. Mas gostei da partida, mesmo com 2 a 1, tivemos uma chance de vencer com o Assisinho, mas o goleiro deles foi muito bem na defesa - analisou Silas Pereira.

 

O resultado de empate trouxe boa satisfação ao treinador Silas Pereira que acredita na evolução da equipe jogo a jogo. Mas evita analisar somente o resultado e expandir a análise do desempenho da equipe.

 

- Se tivéssemos perdendo por 2 a 0 e empatado, o resultado seria bom, mas como acabamos cedendo o empate, fica a tristeza. Eu queria fechar a defesa com três zagueiros quando estava ganhando, mas acabei fazendo as alterações na frente, pelo cansaço do Marcos Aurélio, buscando o gol e fechar a partida. Gostei do jogo, do resultado, mesmo com a circunstância. - declarou. 

O Ceará enfrenta uma sequência dura de partidas, na quarta (25), enfrenta o Quixadá no PV. No sábado (28), tem Clássico-Rei pelo Campeonato Cearense. Com um intervalo curto de descanso, o Vovô planejava vencer o Icasa e mesclar o time diante do Quixadá, para chegar inteiro diante do Fortaleza, mas o Icasa atrapalhou as metas do Ceará para sequência do estadual.

 

 - Como a sequência (de jogos) é forte, estávamos esperando o resultado aqui, uma vitória de preferência. Na quarta pouparíamos algumas peças o Clássico-rei no sábado. Mas infelizmente não poderemos fazer isso, iremos com força máxima na quarta - completou Silas.

 

 

Fonte: Globo Esporte CE     /Foto: 

Lido 1937 vezes

Pesquise no site

Amigos online

Temos 30600 visitantes e Nenhum membro online