Imprimir esta página
Quarta, 01 Julho 2015 00:00

Após goleada, São Paulo visita o Atlético-PR para se mostrar confiável Destaque

Escrito por 
Avalie este item
(0 votos)

As adversidades, no entanto, não são apenas emocionais. Além de ter perdido o próprio Osorio, expulso no domingo, o São Paulo não contará com o volante Hudson, suspenso, e com o zagueiro Dória, cujo contrato de empréstimo encerrou. Contundidos, o também defensor Rafael Toloi e o atacante Luis Fabiano provavelmente aumentarão a lista de desfalques.

As ausências ao menos abrirão espaço para Osorio testar dois pratas da casa. De volta ao São Paulo após o vice-campeonato mundial sub-20 na Nova Zelândia, o zagueiro Lucão e o meia Boschilia estão animados com a possibilidade de mostrar serviço ao colombiano em Curitiba.

Já o armador Paulo Henrique Ganso, em baixa técnica, corre o risco de ser vítima do rodízio no time titular. Para Lucão, aqueles que forem escalados deverão deixar de lado a sentida goleada para o Palmeiras. "Aconteceu. Todo o mundo está sujeito a isso no futebol. Mas o Campeonato Brasileiro não dá tempo para a gente ficar lamentando. Já temos um jogo novo, difícil, contra um bom time. Devemos pensar só no Atlético-PR", afirmou.

Só que o momento do Atlético-PR também mudou dentro da competição, e o sinal de alerta começou a piscar. Depois de um início arrasador, chegando à ponta da tabela, o time vem de três partidas sem vencer e deixou o G-4. Porém, se os números e a história dizem alguma coisa, o clube rubro-negro entrará em campo com vantagem: já são 33 anos, ou 21 jogos, sem perder para o adversário como mandante.

O técnico Milton Mendes, que começou a sentir a pressão da torcida com as críticas que vieram após os últimos resultados, em especial o empate em casa no clássico diante do Coritiba, minimizou a queda de rendimento e manterá a sua estratégia de trabalho. Ou seja, o Atlético-PR jogará no ataque, tentando tomar a iniciativa das ações dos jogos em casa.

Para a partida, o treinador atleticano contará com o retorno do zagueiro Kadu, que cumpriu suspensão automática na derrota para a Ponte Preta. No restante da equipe, a tendência é manter a formação com três atacantes, Ytalo e Walter de ofício, com Nikão e Marcos Guilherme se revezando no apoio.

Nikão, aliás, é o principal artilheiro rubro-negro no Brasileirão e acredita que mais uma vez o segredo será focar no trabalho e fazer a torcida jogar junto, empurrando a pressão para o adversário. "Trabalhando mais: só assim a gente voltará a vencer. E confio completamente no nosso time. Contamos com o apoio da nossa torcida. Tenho certeza de que ela comparecerá para nos apoiar", comentou.

FICHA TÉCNICA
ATLETICO-PR X SÃO PAULO

Local: Arena da Baixada, em Curitiba (PR) 
Data: 1º de julho de 2015, quarta-feira
Horário: 22 horas (de Brasília) 
Árbitro: Elmo Alves Resende Cunha (GO) 
Assistentes: Fabrício Vilarinho da Silva (Fifa-GO) e Eduardo Goncalves da Cruz (ASP-FIFA-MS)

ATLÉTICO-PR: Weverton; Eduardo, Gustavo, Kadu e Natanael; Otávio, Hernani e Marcos Guilherme; Ytalo, Nikão e Walter 
Técnico: Milton Mendes

SÃO PAULO: Rogério Ceni; Bruno, Lucão, Edson Silva e Carlinhos; Souza, Thiago Mendes, Paulo Henrique Ganso e Boschilia; Michel Bastos e Alexandre Pato
Técnico: Milton Cruz

 

 

 

 

 

Fonte: ESPN

Lido 2396 vezes Última modificação em Quarta, 01 Julho 2015 13:12
Thales Menezes

Mais recentes de Thales Menezes