Imprimir esta página
Quinta, 05 Novembro 2015 00:00

Corinthians também brilha com "filial" na série B Destaque

Escrito por 
Avalie este item
(0 votos)

Líder do Campeonato Brasileiro e próximo de conquistar seu sexto título, o Corinthians pode se orgulhar de fazer sucesso com uma 'filial' também na Série B. Tudo porque o Bragantino, que tem parceria com o clube de Parque São Jorge, é o 4º colocado - com um jogo a mais do que os concorrentes - e luta pelo acesso para a elite.

Depois de uma campanha decepcionante no Paulista, que terminou com o rebaixamento para Série A-2, o time do interior resolveu mudar. Apostou na antiga boa relação com o clube da capital.

 

"Foram cerca de quatro reuniões lá no Corinthians com estudos para avaliarmos comos seria. Toda a estrutura e tecnologia foram feitas com orientação deles. Realizamos um planejamento de trazer jogadores que tinham potencial para um dia jogarem lá. Chegamos a uma relação com dois nomes por posição e contratamos vários deles", disse Marcos Chedid, presidente do "Massa Bruta", ao ESPN.com.br.

 

Além disso, a equipe de Joaquim Grava, do Corinthians, supervisiona o departamento médico que cuida da fisiologia e fisioterapia. O clube também cedeu jogadores da base e a comissão técnica, comandada por Osmar Loss, que era do Sub-20. Com resultados ruins no começo da competição, o 'Massa Bruta' trouxe Wagner Lopes para o lugar do corintiano, em um momento que a parceria ficou estremecida.

 

"Precisávamos tomar uma decisão para fazer uma mudança, ficou meio assim, mas a parceria continuou. A vinda do Lopes se mostrou correta, já que temos um aproveitamento muito bom, ele conseguiu 13 vitórias", analisou.

 

Os atletas jovens cedidos também não se firmaram na Série B do Campeonato Brasileiro e retornaram para a capital. "Não ficou nenhum jogador que veio da base do Corinthians porque não deram certo, mas buscamos vários jogadores indicados por eles. A vinda do Jocinei foi feita por indicação do Andrés Sanches, que me disse que ele poderia nos ajudar e ia ser avaliado. Ele está jogando muito bem por aqui", garantiu. 

A parceria está rendendo frutos para o Corinthians, que terá no ano que vem ao menos três destaques da equipe de Bragança Paulista: o goleiro Douglas, o meia Alan Mineiro e o jovem lateral Moisés.

 

"Nós também cedemos o atacante Lincom a pedido deles. Foi até uma loucura nossa, mas não poderia atrapalhar a vida dele. Eles precisavam de um centroavante de área para o elenco. Esse intercâmbio é muito forte há muito tempo", afirmou.

 

Segundo Chedid, o maior problema durante a competição foi a tentativa do Atlético-PR em contratar três jogadores do elenco. "Eles tentaram o Alan Mineiro, que resolveu apostar no projeto e agora foi para o Corinthians. O Roberto, que era nosso titular, o Atlético-PR pediu o retorno dele e não pudemos segurar. Além disso, o Luan foi embora e perdeu uma grande oportunidade porque estava sendo muito bem avaliado pelo Corinthians", garantiu.

 

A ideia é permanecer com a parceria para a próxima temporada, pois o acordo tem duração de três anos. "A avaliação do projeto é muito positiva, pois estamos brigando pelo acesso e colocamos três jogadores em um grande clube brasileiro. Não foi um catado que deu certo, são jogadores monitorados pelo próprio Corinthians. Nós teremos uma reunião no final do ano por lá e escolhermos mais jogadores para a disputa da Série A-2 com o acompanhameto deles", analisou.

 

O presidente do clube dá um recado para quem deseja se candidatar ao 'vestibular' de Bragança, que pode dar uma vaga no Parque São Jorge. "O jogador precisa ter vontade e encarar a bola como um prato de comida. Ele tem que vestir a camisa e amassar o barro, daí vai dar valor. Eles avaliam comportamento, desempenho e podem se preparar no Bragantino".

 

 

 

 

 

Fonte: ESPN                        Foto: HELIO SUENAGA/GAZETA PRESS

Lido 1965 vezes Última modificação em Quinta, 05 Novembro 2015 11:59
Thales Menezes

Mais recentes de Thales Menezes