Terça, 24 Novembro 2015 00:00

Com time em boa fase, técnico Pachequinho do Coritiba pede entrega nas duas rodadas 'finais' contra o rebaixamento Destaque

Escrito por 
Avalie este item
(0 votos)

Duas vitórias em sequência, a última diante do Santos, e o Coritiba passou a depender apenas de suas forças para garantir a permanência na Série A do Campeonato Brasileiro em 2016. O momento é bom, mas o técnico Pachequinho lembra que nada está definido e um tropeço pode trazer novamente o drama de volta ao Alto da Glória.

 

"A caminhada ainda continua, ainda temos dois compromissos", disse o treinador coxa-branca, que cobra do time a manutenção do ritmo. "Não pode cair. Conquistamos duas vitórias, Goiás e Santos, temos um compromisso muito difícil contra o Palmeiras e não podemos cair em todos os aspectos, tático, técnico, emocional. Vamos conversar com os atletas para manter esse nível ou melhorar", emendou.

 

O comandante alviverde exalta ainda mais a reação por conta da força dos adversários, verdadeiras pedreiras nesta reta final. "Só tivemos adversários difíceis nessa reta final. Tivemos o Corinthians, tivemos um jogo difícil em Goiânia, mais dificuldade, outra superação, e contra o Santos teve a entrega dos atletas. E será da mesma forma em São Paulo. E o espírito é esse. Se não conseguirmos na técnica, a vontade tem que superar sempre", avaliou.

 

Faltaram apenas dois jogos para o Coritiba saber seu destino, diante de Palmeiras e Vasco da Gama, adversário direto. Por isso, Pachequinho vai preparar o time durante a semana para uma verdadeira decisão de campeonato. "São mais duas finais. Temos que jogar, ter coragem. E temos a chance de fazer um bom jogo", concluiu.

 

 

 

 

 

Fonte: ESPN                      Foto: Google Imagens 

Lido 1534 vezes

Pesquise no site

Amigos online

Temos 38241 visitantes e Nenhum membro online