Segunda, 26 Setembro 2016 00:00

Éverson analisa momento do Ceará e nega problemas no grupo: "nosso ambiente de trabalho é muito bom" Destaque

Escrito por 
Avalie este item
(0 votos)

As exibições diante de Londrina e Luverdense mostraram uma evolução no futebol apresentado pelo Ceará, mas não conseguiram colocar fim na sequência de 10 jogos sem vencer. Sabendo que terminará a 27ª rodada fora do G-4 da Série B do Campeonato Brasileiro, o Alvinegro sabe da necessidade de vitória para não se distanciar do objetivo máximo da temporada: o acesso.

De fora do duelo contra o Luverdense cumprindo suspensão automática, o goleiro Éverson deve retornar ao time na próxima rodada. Um dos destaques positivos da equipe, o arqueiro admite que o atual momento vivido pela equipe é desapontante, mas afirma que o grupo não pode se deixar abater.

"Estamos trabalhando ao máximo, estamos focados para sair dessa situação. Nós sabemos que estamos muito abaixo do que apresentamos no 1º turno, pela nossa pontuação, pelos jogos que a gente demonstrou, pela nossa qualidade. É procurar reverter, buscar uma vitória, para que venha uma sequência e a gente possa brigar pelo acesso no final do campeonato. É procurar trabalhar, se a gente baixar a guarda, a tendência é piorar".

O jogador também refutou firmemente a ideia de que problemas internos no elenco estejam atrapalhando o desempenho em campo e pontuou uma melhora nos últimos compromissos.

"Nosso ambiente de trabalho é muito bom. Eu garanto que não tem problema no grupo. Muita gente fala do Ciel, mas ele veio para ajudar. Infelizmente, ele acabou se machucando. O grupo não está rachado. A gente acabou falhando em alguns jogos, mas nós vimos no que estávamos errando e já começamos a corrigir alguns problemas".

Éverson ainda comentou sobre a nova faceta de cobrador de faltas, apresentada durante o duelo diante do Londrina. Ganhando a oportunidade pela primeira vez do treinador Sérgio Soares, o goleiro explicou que treina cobranças desde as categorias de base do São Paulo.

"Sempre treinei. Passei um tempo sem oportunidades, mas tenho procurado me aperfeiçoar. Professor Sérgio Soares me viu treinando bem antes do jogo contra o Londrina e disse que iria me dar uma chance. Estamos preparados para não tomar o contra-ataque e espero poder ajudar o Ceará também com um gol".

O Ceará volta a campo na próxima terça-feira, 27, às 21 horas, fora de casa, contra o Brasil de Pelotas.

Fonte: O Povo Online | Foto: Fábio Lima

Lido 1621 vezes

Pesquise no site

Amigos online

Temos 175930 visitantes e Nenhum membro online