Série B

Série B (11)

As exibições diante de Londrina e Luverdense mostraram uma evolução no futebol apresentado pelo Ceará, mas não conseguiram colocar fim na sequência de 10 jogos sem vencer. Sabendo que terminará a 27ª rodada fora do G-4 da Série B do Campeonato Brasileiro, o Alvinegro sabe da necessidade de vitória para não se distanciar do objetivo máximo da temporada: o acesso.

De fora do duelo contra o Luverdense cumprindo suspensão automática, o goleiro Éverson deve retornar ao time na próxima rodada. Um dos destaques positivos da equipe, o arqueiro admite que o atual momento vivido pela equipe é desapontante, mas afirma que o grupo não pode se deixar abater.

"Estamos trabalhando ao máximo, estamos focados para sair dessa situação. Nós sabemos que estamos muito abaixo do que apresentamos no 1º turno, pela nossa pontuação, pelos jogos que a gente demonstrou, pela nossa qualidade. É procurar reverter, buscar uma vitória, para que venha uma sequência e a gente possa brigar pelo acesso no final do campeonato. É procurar trabalhar, se a gente baixar a guarda, a tendência é piorar".

O jogador também refutou firmemente a ideia de que problemas internos no elenco estejam atrapalhando o desempenho em campo e pontuou uma melhora nos últimos compromissos.

"Nosso ambiente de trabalho é muito bom. Eu garanto que não tem problema no grupo. Muita gente fala do Ciel, mas ele veio para ajudar. Infelizmente, ele acabou se machucando. O grupo não está rachado. A gente acabou falhando em alguns jogos, mas nós vimos no que estávamos errando e já começamos a corrigir alguns problemas".

Éverson ainda comentou sobre a nova faceta de cobrador de faltas, apresentada durante o duelo diante do Londrina. Ganhando a oportunidade pela primeira vez do treinador Sérgio Soares, o goleiro explicou que treina cobranças desde as categorias de base do São Paulo.

"Sempre treinei. Passei um tempo sem oportunidades, mas tenho procurado me aperfeiçoar. Professor Sérgio Soares me viu treinando bem antes do jogo contra o Londrina e disse que iria me dar uma chance. Estamos preparados para não tomar o contra-ataque e espero poder ajudar o Ceará também com um gol".

O Ceará volta a campo na próxima terça-feira, 27, às 21 horas, fora de casa, contra o Brasil de Pelotas.

Fonte: O Povo Online | Foto: Fábio Lima

Terça, 10 Novembro 2015 00:00

Botafogo pode garantir acesso contra o Luverdense

Escrito por

Após perder por 1 a 0 para o Criciúma e desperdiçar a chance de garantir matematicamente o acesso para a elite do futebol nacional, o Botafogo tem uma nova oportunidade nesta terça-feira, quando visita o Luverdense no Estádio Passo das Emas, em Lucas do Rio Verde (MT), às 21h30 (de Brasília), pela 35ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro.

 

Os cariocas lideram com 65 pontos, cinco a mais que América-MG e Vitória, que dividem a segunda posição. A distância para o quinto colocado Náutico é de dez pontos.

Se vencer o Botafogo se classifica sem a necessidade de esperar por outros resultados. Em caso de empate ou derrota, vai depender de tropeços de Náutico, Bragantino, Sampaio Corrêa e Bahia, que duelam, respectivamente, Macaé, Ceará, Atlético-GO e ABC. Já o Luverdense, embalado pela vitória de 2 a 0 sobre o Boa, soma 51 pontos e está no páreo por uma vaga no G-4.

 

Se vencer o Botafogo se classifica sem a necessidade de esperar por outros resultados. Em caso de empate ou derrota, vai depender de tropeços de Náutico, Bragantino, Sampaio Corrêa e Bahia, que duelam, respectivamente, Macaé, Ceará, Atlético-GO e ABC. Já o Luverdense, embalado pela vitória de 2 a 0 sobre o Boa, soma 51 pontos e está no páreo por uma vaga no G-4.

Ricardo Gomes, técnico do Botafogo, passou as últimas horas trabalhando para evitar o clima de frustração entre os jogadores por conta da derrota em Criciúma. Ele prega a tranquilidade como fonte de um bom resultado no Mato Grosso.

"Nós perdemos muitas chances e não era o nosso dia no sábado. Isso não pode influenciar no nosso desempenho contra o Luverdense. Precisamos fazer um jogo com tranquilidade, valorizando a posse de bola e o toque eficiente. Com isso podemos dar um grande passo para atingirmos o nosso objetivo", disse Gomes.

 

Os jogadores garantem que a ansiedade não vai atrapalhar novamente: "O Botafogo está preparado para este jogo. Se perdemos muitas chances contra o Criciúma é porque criamos. Contra o Luverdense vamos nos manter ofensivos", avisou o volante Rodrigo Lindoso.

 

Para este compromisso o Botafogo não poderá contar com seu goleiro e capitão Jefferson, servindo à seleção brasileira em duelos pelas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018, que será disputada na Rússia. Assim, Helton Leite assume o posto. No ataque, Ronaldo segue como companheiro de Neilton, uma vez que o uruguaio Alvaro Navarro, se recuperando de lesão na coxa direita, sequer viajou com a delegação.

 

Pelo lado do Luverdense, o técnico Júnior Rocha quer ver sua equipe com ousadia. "Sabemos que vamos enfrentar o melhor time da competição, mas vamos atuar em casa e precisamos da vitória. Precisamos ser ousdos, atacando com responsabilidade e buscando sempre a conquista dos três pontos. Respeitamos o Botafogo, mas podemos ganhar".

 

O Luverdense terá apenas uma alteração em relação ao time que derrotou o Boa na sexta-feira. O meia Diego Rosa, um dos destaques do Luverdense, fica de fora por acúmulo de cartões amarelos. Ricardo será o substituto.

 

 

 

 

Fonte: ESPN                   Foto: ROBERTO FILHO/GAZETA PRESS

 

Terça, 10 Novembro 2015 00:00

América-MG e Vitória duelam pelo acesso

Escrito por

Empatados na tabela da Série B com 60 pontos, América-MG e Vitória, segundo e terceiro colocados, respectivamente, se enfrentam nesta terça-feira, às 19h (de Brasília), no Independência, em um duelo que pode encaminhar o acesso de uma das equipes para a primeira divisão do ano que vem.

 

A derrota, no entanto, pode culminar com a aproximação dos clubes que estão fora do G-4 da competição, hoje distantes cinco pontos de mineiros e baianos.

Para o confronto que promete ser bastante equilibrado, o América-MG chega embalado, após conseguir uma arrancada espetacular no returno, alcançando seis vitórias nos seus últimos sete jogos na Série B. O volante Leandro Guerreiro, no entanto, não se deslumbra com a boa fase da equipe e salienta o caráter decisivo da partida desta terça-feira.

 

Além do bom retrospecto recente na Série B, o América-MG também terá como trunfo a presença do torcedor, nesta terça-feira, no Independência. Para a diretoria americana, a expectativa é de que 15 mil pessoas acompanhem a partida contra o Vitória, no Horto.

 

No campo de jogo, contudo, o América-MG não contará com o volante Tony, suspenso. Diego Lorenzi e Henrique Santos ainda brigam pela vaga aberta no meio campo. Na lateral esquerda, o time mineiro terá Bryan, recuperado de uma gripe. No entanto, o titular será Xavier, que foi muito bem na vitória sobre o Paysandu, na rodada passada.

 

Pelo lado do Vitória, o clima é de mais tranquilidade após a equipe vencer o Macaé, por 2 a 0, no último sábado, fora de casa, e encerrar uma sequência de três jogos sem vencer na Série B. Em virtude do pouco tempo de trabalho até a partida desta terça-feira, o técnico Vagner Mancini não deve fazer grandes alterações na equipe titular que vai enfrentar o América-MG.

 

"O mais coerente é que a gente mexa o mínimo possível para que você consiga combater um adversário que tem o mesmo número de pontos que a gente tem", confirmou o treinador.

 

Apesar da vontade de escalar a mesma equipe que venceu o Macaé, o treinador do Vitória será obrigado a fazer uma mudança no time em razão da suspensão do zagueiro Kanu, por acúmulo de cartões amarelos. Guilherme Mattis deve ganhar a posição na defesa, enquanto Vinícius viaja para encontrar o restante da delegação, sendo opção no banco de reservas contra o América-MG.

 

 

 

Fonte: ESPN                     Foto: GAZETA PRESS

Um jogo para fazer o Estádio Presidente Vargas ferver na noite desta terça-feira (10), a partir das 20h30 (21h30 de Brasília), pela 35ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro.

 

Ceará e Bragantino medirão forças e não pretendem sair sem a vitória. Empate não serve para nenhum dos dois. E derrota é algo impensável. Tudo porque os donos da casa querem se manter fora do Z-4. E o Massa Bruta sonha em voltar ao G-4 com um triunfo combinado com tropeços de seus adversários diretos.

O Ceará vive ótimo momento na Série B. Com quatro vitórias consecutivas, quer emplacar a quinta para se manter fora da zona de rebaixamento. Para tanto, o técnico Lisca vai manter toda a base de jogadores das últimas partidas. E o mesmo esquema tático. No momento, o Vovô tem a mesma pontuação do Macaé, mas leva vantagem no número de vitórias. Um novo triunfo pode deixa-lo a até três pontos da equipe do Rio de Janeiro, que é a 17ª.

Embalado por três vitórias consecutivas, o Bragantino quer a quarta nesta terça-feira para tentar voltar ao G-4. Na sexta colocação da Série B, com 54 pontos, o Massa Bruta está a um do um Santa Cruz, quarto colocado e último time dentro da zona de classificação.

Wilson Pereira Sampaio (GO) é o árbitro do jogo. Bruno Raphael Pires (GO) e Edson Antônio de Sousa (GO) serão os auxiliares. O GloboEsporte.com acompanha a partida a partir de 20 horas (21 horas de Brasília). O Premiere transmite o jogo.

 

 

 

Fonte: Globo Esporte CE                Foto: Roberto Leite

Líder do Campeonato Brasileiro e próximo de conquistar seu sexto título, o Corinthians pode se orgulhar de fazer sucesso com uma 'filial' também na Série B. Tudo porque o Bragantino, que tem parceria com o clube de Parque São Jorge, é o 4º colocado - com um jogo a mais do que os concorrentes - e luta pelo acesso para a elite.

Depois de uma campanha decepcionante no Paulista, que terminou com o rebaixamento para Série A-2, o time do interior resolveu mudar. Apostou na antiga boa relação com o clube da capital.

 

"Foram cerca de quatro reuniões lá no Corinthians com estudos para avaliarmos comos seria. Toda a estrutura e tecnologia foram feitas com orientação deles. Realizamos um planejamento de trazer jogadores que tinham potencial para um dia jogarem lá. Chegamos a uma relação com dois nomes por posição e contratamos vários deles", disse Marcos Chedid, presidente do "Massa Bruta", ao ESPN.com.br.

 

Além disso, a equipe de Joaquim Grava, do Corinthians, supervisiona o departamento médico que cuida da fisiologia e fisioterapia. O clube também cedeu jogadores da base e a comissão técnica, comandada por Osmar Loss, que era do Sub-20. Com resultados ruins no começo da competição, o 'Massa Bruta' trouxe Wagner Lopes para o lugar do corintiano, em um momento que a parceria ficou estremecida.

 

"Precisávamos tomar uma decisão para fazer uma mudança, ficou meio assim, mas a parceria continuou. A vinda do Lopes se mostrou correta, já que temos um aproveitamento muito bom, ele conseguiu 13 vitórias", analisou.

 

Os atletas jovens cedidos também não se firmaram na Série B do Campeonato Brasileiro e retornaram para a capital. "Não ficou nenhum jogador que veio da base do Corinthians porque não deram certo, mas buscamos vários jogadores indicados por eles. A vinda do Jocinei foi feita por indicação do Andrés Sanches, que me disse que ele poderia nos ajudar e ia ser avaliado. Ele está jogando muito bem por aqui", garantiu. 

A parceria está rendendo frutos para o Corinthians, que terá no ano que vem ao menos três destaques da equipe de Bragança Paulista: o goleiro Douglas, o meia Alan Mineiro e o jovem lateral Moisés.

 

"Nós também cedemos o atacante Lincom a pedido deles. Foi até uma loucura nossa, mas não poderia atrapalhar a vida dele. Eles precisavam de um centroavante de área para o elenco. Esse intercâmbio é muito forte há muito tempo", afirmou.

 

Segundo Chedid, o maior problema durante a competição foi a tentativa do Atlético-PR em contratar três jogadores do elenco. "Eles tentaram o Alan Mineiro, que resolveu apostar no projeto e agora foi para o Corinthians. O Roberto, que era nosso titular, o Atlético-PR pediu o retorno dele e não pudemos segurar. Além disso, o Luan foi embora e perdeu uma grande oportunidade porque estava sendo muito bem avaliado pelo Corinthians", garantiu.

 

A ideia é permanecer com a parceria para a próxima temporada, pois o acordo tem duração de três anos. "A avaliação do projeto é muito positiva, pois estamos brigando pelo acesso e colocamos três jogadores em um grande clube brasileiro. Não foi um catado que deu certo, são jogadores monitorados pelo próprio Corinthians. Nós teremos uma reunião no final do ano por lá e escolhermos mais jogadores para a disputa da Série A-2 com o acompanhameto deles", analisou.

 

O presidente do clube dá um recado para quem deseja se candidatar ao 'vestibular' de Bragança, que pode dar uma vaga no Parque São Jorge. "O jogador precisa ter vontade e encarar a bola como um prato de comida. Ele tem que vestir a camisa e amassar o barro, daí vai dar valor. Eles avaliam comportamento, desempenho e podem se preparar no Bragantino".

 

 

 

 

 

Fonte: ESPN                        Foto: HELIO SUENAGA/GAZETA PRESS

O clima voltou a ser de mais tranquilidade em Porangabuçu. Depois de três vitórias seguidas (contra Botafogo, Boa Esporte e Mogi Mirim), o Ceará vê mais claramente a possibilidade de escapar do rebaixamento para a Série C do Campeonato Brasileiro.

O Vovô está a três pontos do Macaé e pode trocar de posição com o time do Rio de Janeiro se vencer o ABC, na próxima sexta-feira (6), e o Alvianil Praiano não conseguir vencer o Vitória, em casa, um dia depois, no sábado.

No entanto, com 35 pontos, o Alvinegro de Porangabuçu ainda tem um caminho longo para se livrar do descenso. Contando com a média de 45 pontos para escapar, o Vovô precisa ainda de mais dez pontos para se garantir sem problemas. Com isso, nos últimos cinco jogos que tem a fazer, só poderia perder uma única partida, ganhando mais três e empatando outra.

O Ceará encara o ABC e o Macaé, em casa, que lutam também contra o rebaixamento. O Bragantino é outra equipe que o Alvinegro enfrenta em casa. Contudo, o Massa Bruta está na briga pelo acesso à Série A do Brasileiro e não deve adversário fácil para o time cearense. Fora de casa, são mais dois jogos. E contra equipes que lutam pelo acesso e estão no G-4: Vitória e América-MG. Por essa lógica, o Vovô precisa pontuar em um desses confrontos.

Atualmente, o Ceará ainda tem entre 54% e 61% de chances de rebaixamento, segundo os sites Infobola e Chance de Gol, especializados em estatísticas de futebol, o que ainda deixa o torcedor apreensivo. Por isso, vencer os dois próximos jogos em casa pode deixar o Alvinegro a meio caminho de conseguir a permanência na Série B.

Nesta sexta-feira (6), o Ceará encara o ABC, no Estádio Presidente Vargas, às 20 horas (21 horas de Brasília), pela 34ª rodada da Segundona.

 

 

 

Fonte: Globo Esporte CE               Foto: Estadão Conteúdo

No fim da tarde desta segunda-feira, 26/10, na Sala de Imprensa Artur de Albuquerque, o Dr. Daniel Gomes concedeu entrevista coletiva aos profissionais da imprensa local. Na ocasião, o médico liberou as informações dos atletas alvinegros que estão em tratamento e/ou em fase de transição.

 

Confira abaixo todos os detalhes dos jogadores que frequentaram o Departamento Médico nos últimos dias:

 

Buiú e Mazola: Após tratamento de lesão na musculatura posterior da coxa direita, os atletas se encontram em fase final de transição. Já foram, inclusive, incorporados ao restante do elenco.

 

Ricardo Conceição: Segue em tratamento fisioterápico após lesão na musculatura anterior da coxa direita.

 

Luís Carlos: Esteve fora da última partida por conta de uma manutenção de rotina de tendinite no ombro esquerdo, mas já voltou aos trabalhos.

 

Thiago Carvalho: Lesão na musculatura anterior da coxa direita. Segue em tratamento.

 

Assisinho: Lesão no ligamento cruzado anterior do joelho direito. Segue em protocolo de reabilitação pós-cirurgia.

 

Tiago Campagnaro: Lesão no menisco no joelho direito. Segue em protocolo de reabilitação pós-cirurgia.

 

 

 

Fonte: Site oficial do Ceará Sporting Club           Foto: Rafael Barros / cearasc.com

 

Com o apito do árbitro, os jogadores do Ceará saíram de campo com expressões de decepção. Novamente, faltou ao time mais raça, mais técnica e mais finalização na derrota para o Luverdense. Quem concorda com isso é o goleiro Tiago, que chegou a defender um pênalti, evitando uma derrota pior para o Alvinegro de Porangabuçu, que segue na vice-lanterna e ameaçado de cair para a última posição na Série B do Campeonato Brasileiro.

- A parte psicológica não está legal. Não conseguimos criar e nem finalizar. O goleiro deles não fez uma defesa. Estamos cometendo os mesmos erros, que não estão sendo corrigidos. Perdemos de novo - pontuou, visivelmente chateado com a nova derrota.

Para ele, não adiantou ter começado com pressão no adversário para depois se perder em campo e sair derrotado mais uma vez.

- A gente começou bem o jogo. O Wescley chutou uma bola na trave logo no começo. Mas depois tomamos um gol, mérito deles (jogadores do Luverdense) e nos desestruturamos.No segundo tempo, vacilamos e saímos com esse 3 a 0.

A defesa alvinegra, de fato, esteve longe de ser eficiente em campo. Sandro e Charles estiveram inseguros, assim como volantes e laterais, que não apoiavam nem no ataque e nem defesa.

Com apenas cinco pontos na tabela, o Ceará volta a campo só na próxima terça-feira (7), quando encara o Botafogo, na Arena Castelão, às 21h50min, pela 11ª rodada da Segundona. Neste momento, o principal objetivo do time é torcer para que o Mogi Mirim não consiga vencer para que não deixe a lanterna com o Vovô.

 

 

 

 

Fonte: Globo Esporte CE

O time do Vozão já pensa no compromisso diante do Santa Cruz, em jogo válido pela 8ª rodada do Campeonato Brasileiro Série B 2015, e vai voltar aos treinamentos na tarde desta segunda-feira, 15/06.

 

As atividades começarão a partir das 15h30min, na academia do clube. Quem jogou no último sábado, 13/06, vai realizar um treino mais leve, enquanto os demais jogadores farão um trabalho à parte, no estádio Carlos de Alencar Pinto (Vovozão).

 

Fonte: cearasc.com 

 

 

 

 

 

Treino do Ceará

 

A primeira rodada do Campeonato Brasileiro Série B de 2014 após a pausa para a Copa do Mundo irá reunir nesta terça, às 21h50 (de Brasília), os atuais líder e vice-líder da competição. Para defender a ponta contra seu perseguidor direto, o Ceará recebe o Joinville no Presidente Vargas, em Fortaleza.

 

Pesquise no site

Amigos online

Temos 30507 visitantes e Nenhum membro online