Internacional

Internacional (16)

O Sporting bateu neste domingo (8 de janeiro) o Feirense, em casa, por 2 a 1, graças a dois gols do atacante holandês Bas Dost, e voltou a se aproximar da vice-liderança do Campeonato Português, que atualmente está nas mãos do Porto.

O camisa 28 dos Leões abriu o placar logo aos 5 minutos do primeiro tempo e ampliou pouco depois, aos 17. Na etapa complementar, aos 16, o atacante brasileiro Higor Platiny, ex-Grêmio Anápolis, descontou para o 15º colocado na competição.

Já nos acréscimos do segundo tempo, o volante Elias, que havia saído do banco pouco antes do intervalo, substituindo Adrien Silva, recebeu segundo cartão amarelo e acabou expulso.

Com a vitória, o Sporting chegou aos 33 pontos, se igualando ao Braga, que ontem empatou com o Nacional em 0 a 0, e ficando dois pontos atrás do Porto, que ficou na igualdade sem gols com o Paços de Ferreira. O líder do campeonato é o Benfica, que bateu o Vitória de Guimarães por 2 a 0 e chegou aos 40 pontos.

Também neste domingo, Rio Ave e Chaves, sexto e sétimo colocados, respectivamente, perderam a chance de se aproximar da zona de classificação para competições europeias, ao ficarem no empate em 2 a 2.

O Boavista passou pelo Vitória de Setúbal por 1 a 0, em casa, e pulou para o nono lugar na tabela. Logo abaixo aparece o Arouca, que derrotou o Tondela, fora de seus domínios, por 2 a 1.

Fonte: FOX Sports

Oscar chegou a Xangai nesta segunda-feira depois de ter assinado pelo Shangai SIPG em uma transferência de 60 milhões de euros. Dezenas de torcedores foram receber o ex-jogador do Chelsea no aeroporto Pudong.

 

A chegada do brasileiro vem na sequência de outra grande transferência envolvendo uma equipe da cidade. Na última semana, o Shangai Shenhua havia acertado com Carlos Tevez, que receberá 38 milhões de euros por temporada, o maior salário do futebol.

 

O gerente de futebol do Shangai SIPG, Sui Guoyang, minimizou as preocupações levantadas pela imprensa estatal sobre uma bolha de mercado na riquíssima Superliga Chinesa e argumentou que os preços devem ser mais altos para atrair jogadores do futebol europeu.

 

"A liga está crescendo, então, isso se dará por meio de diferentes estágios", afirmou o dirigente à AFP. "Eu acredito que a partir de agora a Superliga Chinesa se tornará mais saudável e mais normal."

 

"No final das contas, se você não pagar o dinheiro, então ninguém desejará vir aqui", disse o torcedor Zou Jiahuo.

 

Oscar se juntará na nova equipe ao compatriota Hulk, que se transferiu em julho de 2016 por 55 milhões de euros, e será comandado pelo português André Villas-Boas.

 

ESPN.com.br

No primeiro dia do ano, o Arsenal fechou a 19ª rodada do Campeonato Inglês cumprindo com o dever de casa. A equipe de Arsène Wenger não precisou se esforçar muito para bater o Crystal Palace por 2 a 0. Os três pontos levaram os Gunners para a terceira colocação na tabela de classificação, agora com 40 pontos. Com isso, o Manchester City, que acabou derrotado pelo Liverpool neste sábado, deixa o G4 e cai para a quinta posição, já que o Tottenham também fez sua parte e venceu neste domingo. A equipe de Guardiola soma 39 pontos e o líder é o Chelsea com dez pontos a mais.

 

O primeiro grande destaque do jogo no Emirates não estava dentro de campo. Mesmo com chuva, uma temperatura de 5°C e o fato da maioria das pessoas ter passado a madrugada em festa por causa da virada de ano, impressionantes 59.975 torcedores compareceram nas cadeiras do estádio.

 

 

E toda essa fidelidade foi recompensada por Giroud. Aos 17 minutos, quando o Arsenal já ditava o ritmo do confronto como queria e até desperdiçava algumas chances claras, o atacante francês abriu o placar com um gol tão espetacular quando esquisito.

 

A jogada começou com um lindo toque de letra do próprio Giroud para puxar o contra-ataque. Na sequência, Alexis Sanchez abriu na esquerda e cruzou. Giroud ia passando da bola, quando decidiu bater de "escorpião", usando o calcanhar. A bola ainda encobriu o goleiro Wayne Hennessey e foi no ângulo, com a peculiaridade de tocar no travessão antes de entrar. Um golaço!

 

A vantagem poderia ter ficado ainda maior antes do intervalo, mas Hennessey fez pelo menos duas grandes intervenções para evitar uma goleada. O problema é que na segunda etapa o sistema defensivo do Crystal Palace bateu cabeça seguidamente até levar o segundo gol, aos 10 minutos. Alex Iwobi marcou de cabeça depois do zagueiro adversário afastar mal e deixar até o goleiro Hennessey fora do lance. Um gol muito comemorado, mas longe da beleza do tento marcado no primeiro tempo.

 

Com o jogo definido, o Arsenal diminuiu o ritmo e deu espaço para Petr Cech mostrar suas habilidades no gol em lances perigosos do Crystal Palace nas jogadas de bola parada. Nada que mudasse o cenário do 200º jogo do Arsenal no estádio Emirates. 

Agora, o time vermelho volta a campo na terça-feira, fora de casa, para encarar o Bournemouth, 10º colocado. Já o Crystal Palace, 17º, primeiro fora da zona de rebaixamento, com 16 pontos, dois a mais que o Sunderland, receberá o Swansea em seu estádio também na terça.

 

Confira todos os jogos e resultados da 19ª rodada do Campeonato Inglês:

 

Sexta-feira

 

18h00 Hull City 2 x 2 Everton

 

 

Sábado

 

13h00 Chelsea 4 x 2 Stoke City 

13h00 Manchester United 2 x 1 Middlesbrough 

13h00 Burnley 4 x 1 Sunderland 

13h00 Swansea City 0 x 3 Bournemouth 

13h00 Southampton 1 x 2 West Bromwich 

13h00 Leicester City 1 x 0 West Ham 

15h30 Liverpool 1 x 0 Manchester City

 

Domingo

 

11h30 Watford 1 x 4 Tottenham 

14h00 Arsenal 2 x 0 Crystal palace

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Considerado uma das estrelas do Bayern de Munique, o holandês Arjen Robben disse que interpretou a ida para o clube bávaro como um passo atrás em sua carreira. Ele revelou que ficou frustrado quando o Real Madrid decidiu vendê-lo em 2009.

 

"Foi uma decisão difícil, a mais difícil da minha carreira. O Bayern não estava na elite europeia nesse momento. E foi um passo atrás para mim", afirmou o atacante, em entrevista ao canal Fox Sports.

 

 

Robben disse que a decisão de negociá-lo partiu do presidente Florentino Pérez, que havia regressado ao clube na época. A intenção do mandatário era recuperar parte do dinheiro que tinha sido usado para contratar nomes como Cristiano Ronaldo, Kaká, Benzema e Xabi Alonso.

 

"Disseram a mim e ao meu agente que o time poderia reaver parte do dinheiro se me vendesse. Mas não queria ter ido em um primeiro momento", afirmou. "Havia disputado a minha melhor pré-temporada, mas não tive a chance de mostrar a eles [que poderia ser útil]", acrescentou.

 

Robben tem brilhado com a camisa do Bayern de Munique e já conquistou diversos títulos de expressão, entre eles o pentacampeonato alemão e a Liga dos Campeões da temporada 2012-2013. O atleta de 32 anos costuma figurar entre os titulares do técnico Carlo Ancelotti e tem ajudado o clube a liderar a atual edição da Bundesliga. O time tem 39 pontos na competição - três a mais do que o vice-líder RB Leipzig.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Ronaldo tomou as dores da torcida brasileira diante de uma provocação virtual de Toni Kroos. Um dos algozes da Seleção na humilhante goleada sofrida nas semifinais da Copa do Mundo de 2014, o meio-campista alemão do Real Madrid desejou um "feliz 2017" aos seus seguidores no Twitter, mas substituindo os algarismos "1" e "7" por bandeiras do Brasil e da Alemanha , e causou revolta nas redes sociais.

 

"A pedidos… Feliz Ano Novo!", escreveu Ronaldo em seu Facebook, como legenda de uma fotografia da decisão da Copa do Mundo de 2002, em que marcou os dois gols da vitória brasileira sobre os alemães. No lugar dos algarismos "2" e "0" do seu "feliz 2017", o Fenômeno utilizou bandeiras do Brasil e da Alemanha. Ele ainda marcou o nome de Kroos em sua publicação.

A piada de Toni Kroos, feita em português, já havia causado revolta no lateral esquerdo Marcelo, seu companheiro de Real Madrid, que exigiu "respeito ao próximo sempre".

 

Fonte: Gazeta Esportiva

A indefinição sobre a renovação de contrato de Messi com o Barcelona faz crescerem os rumores sobre o futuro do jogador. Segundo o jornal britânico Daily Mirror, o Manchester City estaria disposto a pagar o equivalente a R$ 840 milhões para tirar o argentino do clube catalão. Mais: o time do sheik Mansour Al Nahyan pagaria mais de R$ 1 milhão mensal para o camisa 10.

Messi tem contrato com o Barcelona até o final de 2018, mas o clube trata desde já a renovação. A favor do Manchester City conta também o fato de o time ser treinado por Pep Guardiola, um dos grandes "mestres" da carreira do argentino.

Atualmente, a transação mais cara do futebol é de Paul Pogba para o Manchester City, pelo equivalente a R$ 372 milhões.

Fonte: Notícias ao Minuto

O último sábado foi de muita emoção na segunda divisão do Campeonato Mexicano, na casa do Murciélagos. O time não conseguiu a vaga nos playoffs para brigar pelo acesso, mas usou a partida para a despedida de Ezequiel Orozco, jogador de 27 anos que se despediu do futebol após ser diagnosticado com câncer de pulmão.

O narrador da partida não conteve as emoções e chorou na transmissão. Depois de dar o pontapé inicial, Orozco recebeu um passe logo em seguida. De primeira, ele tentou tocar para outro jogador, mas, sem força, quase caiu ao chutar a bola. Um companheiro o segurou, e o duelo foi paralisado para sua saída de campo.

Nesse momento, jogadores das duas equipes (a outra era o rebaixado Tampico Madero) fizeram um corredor para apoiar Orozco. O narrador, por sua vez, foi às lágrimas ao homenagear o atacante.

 

Orozco usou a camisa 9 e a faixa de capitão no minuto em que ficou em campo. Ao ser substituído, todo o estádio o aplaudiu. O atacante já passou por times de maior expressão, como Jaguares e Necaxa, e foi homenageado em vídeos e mensagens por outros clubes e jogadores do México.

"Estou muito agradecido a todas as pessoas que estão comigo e ao me redor mostrando apoio. Amigos, companheiros de futebol, família e torcida: estou muito confiante que logo voltarei", agradeceu Orozco.

Fonte: UOL

A conexão de Neymar com o Barcelona é clara e fica ainda mais evidente após a notícia de que, para renovar com os catalães, o craque dispensou propostas de quatro gigantes do futebol europeu: Real Madrid, Paris Saint-Germain, Manchester United e Manchester City, todos dispostos a pagar os £190 milhões da multa rescisória.

Segundo o jornal Mundo Deportivo, a maior oferta veio da equipe francesa: € 40 milhões anuais livres de impostos por cinco temporadas mais € 40 milhões de luvas.

Além disso, o presidente do clube, xeque Nasser Al Khelaifi, daria ao jogador 30% das ações de um hotel que construiria no Brasil, além de mais £3 milhões ao Instituto Neymar, em Praia Grande, no litoral paulista.

Fonte: Estadão Conteúdo

Embalado pelas três vitórias consecutivas desde a troca do técnico Dunga por Tite, o Brasil pode ser até segundo colocado na próxima edição do ranking da Fifa, que será divulgado no dia 20 de outubro.

Caso derrote a Venezuela, nesta terça-feira, fora de casa, na primeira rodada do segundo turno das eliminatórias da Copa do Mundo-2018, a seleção terá chance de aparecer atrás apenas da Argentina na lista classificatória da entidade.

Para isso, depende de tropeços de outras duas seleções na terça. A Alemanha não pode vencer a Irlanda do Norte, em Hannover, e a Colômbia não pode ir além do empate ante o Uruguai, em Barranquilla.

Caso a combinação de resultados aconteça, o Brasil aparecerá na próxima edição do ranking com 1410 pontos, enquanto alemães e colombianos não passarão de 1409 e 1362 pontos, respectivamente. A Bélgica, atual vice-líder, ficará com 1382.

A única seleção ainda inalcançável para os comandados de Tite é a Argentina. O time de Messi, Di María, Agüero e Higuaín terá de 1621 a 1703 pontos na lista de outubro, dependendo do resultado do seu confronto com o Paraguai, também na terça.

Atual quarto colocado no ranking da Fifa, posto que divide com a Colômbia, com 1323 pontos, o Brasil chegou a ser 22º em 2013, quando ocupou sua pior classificação na história. Desde então, vem recuperando espaço e galgando posições na lista.

Contratado para o lugar de Dunga, demitido após o fracasso na Copa América, em junho, Tite estreou na seleção na nona colocação do ranking.

O ex-comandante do Corinthians venceu seus três primeiros jogos pelo Brasil, sempre com atuações convincentes: 3 a 0 sobre o Equador, fora, e 2 a 1 contra a Colômbia, além da goleada por 5 a 0 ante a Bolívia, em casa.

Nesta terça, contra a Venezuela e desfalcado de Neymar, suspenso, pode virar a seleção número 2 do planeta e também assumir a liderança das eliminatórias sul-americanas. Com 18 pontos ganhos, está apenas um atrás do Uruguai.

Fonte: Blog do Rafael Reis/UOL

Um time semi-amador do norte da Irlanda é a sensação da Liga Europa. Na rodada de quinta-feira (29), o Dundalk FC venceu o Maccabi Tel Aviv por 1 a 0. Foi a primeira vitória de um time irlandês na fase de grupos de campeonatos europeus.

O mais impressionante? A defesa tinha um eletricista na lateral e uma zaga formada por um açougueiro e um técnico de basquete. Sem contar o centroavante, arquiteto durante o dia e artilheiro à noite. Já são 11 gols na temporada.

Reuters/Clodagh Kilcoyne

Como isso é possível no profissionalismo do futebol de hoje?

A história começou em 2012, quando o clube se viu à beira da falência, devendo salários e contando com menos de 300 torcedores pagando ingressos para assistir aos seus jogos. Um cenário aterrador para o clube que tinha, então, 18 títulos nacionais, divididos igualmente entre campeonato irlandeses e copas da Irlanda.

Foi nesse momento que dois empresários locais resolveram salvar o clube para o qual sempre torceram. Paul Brown e Andy Connolly, donos de uma fábrica de porcas e parafusos, assumiram o controle, ignorando a falta de experiência com o futebol. A primeira missão foi pagar os salários atrasados. A segunda, demitir todos os funcionários. Há quatro anos, fora jogadores e comissão técnica, o time tem apenas quatro funcionários: o gerente geral, o diretor de comunicação e dois responsáveis por infraestrutura.

Reuters/Clodagh Kilcoyne

Açougueiro, eletricista, arquiteto e até técnico de basquete

 

Proximidade da falência fez a comunidade da cidade de Dundalk, de menos de 50 mil habitantes, voltar a abraçar o time. Usando doações, foi possível colocar o time de volta aos trilhos. Mas de uma maneira bem diferente do que o futebol está acostumado. Os treinos, por exemplo, só acontecem à noite, já que durante o dia boa parte do elenco completa a renda em outras profissões – algo necessário, já que o clube não tem, ainda, dinheiro para pagar salários altos.

O lateral-esquerdo eletricista é Dane Massey. Os zagueiros são Andy Boyle, que trabalha em um açougue, e Brian Gartland, o técnico de basquete. O artilheiro do time é David McMillan, arquiteto. Todos eles foram garimpados pelo técnico Stephen Kenny, ex-Shamrock Rovers. Foi esse garimpo que trouxe ao clube outra estrela do time, Cieran Kilduff, autor dos dois gols do time na Liga Europa – e que está jogando mesmo após ter fraturado a coluna cervical em abril.

Encontrando jogadores dispostos a receber pouco, mas viver em uma comunidade que abraçava sua equipe, as coisas mudaram para o Dundalk. O time foi o campeão das últimas duas edições do Campeonato Irlandês e ainda lidera o torneio neste ano.

Niall Carson / PA via AP

Campanha já rendeu 5 vezes o valor do elenco

Para jogar a Liga Europa, a equipe está tendo de fazer uma série de sacrifícios. O primeiro, jogar fora de casa sempre. Seu estádio, o Oriol Park, tem 4500 lugares, mas apenas 3 mil cadeiras. É menor do que o limite estipulado pela Uefa de 4000 lugares. Por isso, toda vez que joga, o time tem de alugar o estádio Tallaght, em Dublin, para 6 mil pessoas. "Com o aluguel e a distância, não estamos lucrando nada jogando lá. O ganho com bilheteria é usado para pagar o aluguel", diz Martim Connelly, o gerente-geral da equipe (e irmão do dono, Andy), ao jornal local Dundalk Democrat.

Por causa disso, o prêmio pago pela Uefa pela disputa dos torneios continentais é tão importante. O time participou da fase preliminar da Liga dos Campeões, avançou em duas eliminatórias, mas parou na última etapa antes da fase de grupos – foi o primeiro time do país a chegar tão longe. A classificação não veio, mas com isso o time entrou na Liga Europa. Após dois jogos, a premiação já passou dos 5 milhões de euros – segundo o site especializado TransferMarket, o valor do elenco da equipe é de 1,1 milhão.

"Ainda não paramos para pensar em o que vamos fazer com esse dinheiro, mas a verdade é que não vai sobrar muito", avisa Connoly. O motivo? O time não tinha incluído no orçamento custos normais para outras equipes de futebol, como transporte aéreo e hotéis para jogos fora do país. "Já tivemos de fretar cinco aviões e ainda temos viagens para Israel e Rússia, que serão caras. E em algumas delas, teremos de pagar duas diárias de hotel. Metade do que ganhamos vai ser gasto com isso", admite o diretor.

FONTE: UOL

InícioAnterior12PróximoFim
Página 1 de 2

Pesquise no site

Amigos online

Temos 176011 visitantes e Nenhum membro online