A diretoria do Atlético quebrou o mistério e apresentou, na manhã desta segunda-feira, as novas camisas de jogo que serão utilizadas no começo de 2017. Os novos uniformes, que terão a marca Topper, serão utilizados até que o Galo apresente, oficialmente, sua nova coleção de material esportivo, fato que deverá acontecer antes da estreia da Libertadores.

As novas camisas, um e dois de jogo e as de goleiro, serão utilizadas como tampão, já que o time encerrou a parceria que tinha com a Dry World, em uma quebra de contrato na justiça e acertou com a Topper, sua nova fornecedora de material esportivo.

As novas camisas já serão utilizadas, pela primeira vez, nesta terça-feira, na estreia do Galinho na Copa São Paulo de Futebol Júnior. O uniforme também será levado para a Flórida Cup, no começo deste mês, no Campeonato Mineiro e na Primeira Liga.

A ideia do Atlético é colocar apenas uma quantidade pequena destas camisas à venda no mercado. Os uniformes se tornarão uma espécie de item para colecionadores. Os detalhes como preço e dia inicial da comercialização ainda não foram informados.

A camisa um de jogo será tradicionalmente listrada na frente. A grande novidade é que a parte de trás será branca com a numeração e a manga toda preta. Ela  tem gola arredondada, detalhes bicolores e retilíneos na nuca.

A segunda camisa é predominantemente branca e com detalhes em preto, além de gola arredondada e detalhes bicolores e retilíneos na nuca. Para os goleiros, serão três opções de camisas, nas cores verde, cinza e vermelha.

O TEMPO

Em um ano de grandes desafios para os clubes catarinenses e com a dificuldade cada vez maior de se encontrar um atleta com bom custo/benefício no mercado, a Copa São Paulo de Futebol Júnior continua sendo o melhor laboratório neste início de temporada. Uma boa participação na Copinha pode garantir um lugar ao sol no time profissional em 2017, como vem ocorrendo nos últimos anos.

 

A principal competição de base do país começa nesta quarta-feira (4) e os cinco grandes de Santa Catarina estão na disputa, que conta com 120 equipes. O Avaí está no Grupo 26, com Desportiva Paraense, Flamengo-SP e Guarulhos. O Figueirense está no Grupo 28, com Juventus-SP, Portuguesa e Sete de Setembro-AL. O Joinville está no Grupo 11, com Paulista, RB Brasil e Vitória da Conquista-BA. A Chapecoense está no Grupo 14, com Desportivo Brasil-SP, Nova Iguaçu e Sampaio Corrêa. O Criciúma está no Grupo 30, com Água Santa-SP, Porto-PE e Santo André.

 

Mas com o início da pré-temporada já no começo de janeiro, a dupla da Capital não deve levar seus principais jogadores Sub-20 para o torneio. Pelo lado do Avaí, o zagueiro Gabriel e os atacantes Vitor e Santarém, que já estavam integrados ao time profissional desde o ano passado, não irão disputar a Copinha e estarão na pré-temporada do clube em Santo Amaro da Imperatriz, assim como o zagueiro Maurício e o volante Thiago, que também serão promovidos. “A tendência é que outros atletas também subam após a participação na Taça São Paulo, como o volante Menezes, que jogou alguns jogos da Série B, e o goleiro Léo. O técnico Claudinei Oliveira vai estar monitorando os jogos e a ascensão vai depender do desempenho deles e da carência do profissional”, revelou o coordenador da base do Leão, Diogo Fernandes.

 

Pelo lado do Figueirense, o meia-atacante Matheuzinho, o zagueiro Henrique Trevisan, o lateral-direito Dudu e o atacante Índio, que já estavam na equipe profissional desde a reta final do Brasileirão do ano passado, também não jogarão a Copa São Paulo e estarão na pré-temporada alvinegra. “Vamos com uma equipe bem jovem, com apenas cinco atletas nascidos em 1997. Outros que já participaram do período final da Série A permanecerão no elenco profissional, o que nos deixa felizes e possibilita a subida de novos valores das categorias de base e nos dá a oportunidade de evoluirmos no processo de formação dos atletas mais jovens”, ressaltou o técnico do time Sub-20 do Figueira, Márcio Coelho.

 

Dupla da Capital mira boa participação no torneio 

 

Mesmo sem seus principais jogadores, tanto Avaí quanto Figueirense apostam em uma boa participação na Copa São Paulo. O Leão da Ilha espera superar a campanha de 2009, quando foi eliminado nas semifinais, nos pênaltis, para o Corinthians, que se sagraria campeão naquele ano. Já o Figueira espera repetir o título conquistado em 2008.

 

“A expectativa é a melhor possível. Esperamos superar a campanha de 2009, quando chegamos à semifinal. Estamos trabalhando muito. Realizamos dois amistosos, diante do Figueirense e o Internacional, onde tivemos duas vitórias, por 1 a 0 e 3 a 1, respectivamente”, afirmou o técnico da equipe Sub-20 do Avaí, Fabrício Bento, que conquistou o acesso como jogador do Leão em 2008.  

 

“Algo que lembramos constantemente aos atletas é o titulo da Copinha de 2008. Boa parte deste grupo que vai para São Paulo tem a dimensão da grandeza e a importância desse momento na carreira de cada atleta e acredito que eles estão bem preparados para agarrar essa oportunidade”, ressaltou Coelho.  

 

Grupo 11

 

Joinville

 

Paulista

 

RB Brasil

 

Vitória da Conquista-BA

 

Grupo 14

 

Chapecoense

 

Desportivo Brasil-SP

 

Nova Iguaçu-RJ

 

Sampaio Corrêa

 

Grupo 26

 

Avaí

 

Desportiva Paraense

 

Flamengo-SP

 

Guarulhos

 

Grupo 28

 

Figueirense

 

Juventus-SP

 

Portuguesa

 

Sete de Setembro-AL

 

Grupo 30

 

Criciúma

 

Água Santa-SP

 

Porto-PE

 

Santo André

 

Fonte: ND Online

Fundado em 2 de janeiro de 1921, o Cruzeiro comemora nesta segunda-feira 96 anos de uma história repleta de troféus importantes. Originado de uma colônia italiana de Belo Horizonte, o clube celeste cresceu de maneira significativa a partir da inauguração do Mineirão, em 1965. Entre seus tantos títulos estão a Copa Libertadores (1976 e 1997), o Campeonato Brasileiro (1966, 2003, 2013 e 2014) e a Copa do Brasil (1993, 1996, 2000 e 2003). Pelo aniversário, missa de ação de graças será celebrada às 19 horas, no salão social do Barro Preto, na Rua dos Guajajaras, número 1722.

 

Com início da pré-temporada programado para 9 de janeiro, o Cruzeiro deve anunciar em breve uma grande contratação. Ao menos foi o que disse o presidente Gilvan de Pinho Tavares, em entrevista coletiva concedida em 23 de dezembro. Segundo o mandatário celeste, esse atleta “estava verbalmente acertado” e é um “grande nome”. Trata-se de um brasileiro que atuou fora do país nos últimos anos. Quando o presidente fez a promessa, faltava o acordo com o clube no qual o jogador estava vinculado.

 

As dicas de Gilvan não se encaixam no perfil do centroavante Marcelo Moreno, que recebeu proposta do Cruzeiro no início de dezembro e, desde então, ficou de tomar a decisão. Inclusive, o presidente esclareceu que o presente não era o boliviano. Depois da entrevista, o presidente explicou aos jornalistas que se tratava de um meio-campista. Logo, foram especulados os nomes de Jadson, do chinês Tianjin Quanjian; Thiago Neves, do Al Jazira (Emirados Árabes Unidos); e Elias, do Sporting de Portugal. Os responsáveis pelas carreiras desses atletas negaram negociação com o clube celeste.

 

Diretor de futebol pendente

 

O Cruzeiro começará 2017 sem um diretor-executivo. Desde a saída de Thiago Scuro, há menos de um mês, o clube recebeu negativas de Alexandre Mattos, que renovou com o Palmeiras; Anderson Barros, acertado com o Vasco; e Erasmo Damiani, que deu continuidade ao trabalho na CBF como coordenador das categorias de base da Seleção Brasileira. Em compensação, o ex-volante Tinga, atleta do clube de 2012 a 2015, foi anunciado como gerente de futebol. Ele será uma espécie de elo entre a comissão técnica de Mano Menezes, elenco e a alta cúpula celeste.

 

No mercado da bola, a Raposa contratou até o momento o lateral-esquerdo Diogo Barbosa (ex-Botafogo), o zagueiro equatoriano Luis Caicedo (ex-Independiente del Valle) e o volante Hudson (ex-São Paulo). A diretoria ainda pode acertar possíveis trocas para fechar o grupo que começará a temporada.

 

Independentemente de quem será anunciado, o torcedor cruzeirense sonha com o retorno aos títulos. A última conquista foi o Campeonato Brasileiro de 2014. Em 2015 e em 2016, o time não chegou sequer à decisão do Estadual. Em 2017, as competições que a Raposa disputará são Campeonato Mineiro, Primeira Liga, Copa Sul-Americana, Copa do Brasil e Campeonato Brasileiro.

 

Fonte: Super Esportes

do-se disposto a recuperar o seu espaço no clube pelo qual foi campeão mundial em 2012, o goleiro Cássio tem um bom motivo para acreditar que poderá barrar o concorrente Walter em 2017. O Corinthians passou a ser novamente comandado por Fábio Carille, que já prestigiou o atleta no passado.

 

No período em que comandou a equipe em 2016, entre a demissão de Cristóvão Borges e a contratação de Oswaldo de Oliveira, Carille deu um voto de confiança para Cássio, apesar da boa fase de Walter. O interino havia assegurado que o goleiro já consagrado no Corinthians retornaria de uma lesão no ombro como titular da equipe.

 

 

Antes, Cristóvão também apostou em Cássio, justificando que tinha medo de perdê-lo. No final da última passagem de Tite pelo Corinthians, o técnico da Seleção Brasileira tinha passado a escalar Walter, que atravessava melhor momento desde então.

 

Com Oswaldo de Oliveira, Cássio retornou ao banco de reservas no final frustrante de temporada para o Corinthians - nem sequer uma vaga na próxima Copa Libertadores da América foi alcançada e até o elogiado Walter já não vivenciava os seus melhores dias.

 

Desde que tomou a posição de titular do prata da casa Julio Cesar, durante a Copa Libertadores da América de 2012, Cássio não tinha um ano tão ruim. O goleiro acumulou falhas nos 45 jogos que disputou (Walter atuou em 24 ocasiões) após uma negociação com o Besiktas, da Turquia, fracassar em janeiro de 2016.

 

A queda de rendimento, além de fazer com que Walter se firmasse, deixou Cássio entre os cotados a deixar o Corinthians ainda no decorrer do ano passado. O Grêmio, clube que o revelou, apareceu como um dos interessados na contratação.

 

Hoje, Cássio tem dito que pretende voltar a vingar no Corinthians, superando a concorrência de Walter, com quem tem boa relação também fora de campo. Se o preparador de goleiros Mauri Costa Lima já indicou a sua preferência pelo companheiro, o goleiro tem agora a simpatia de Fábio Carille a seu favor.

 

Problemas na defesa 

O Corinthians que terminou mal 2016 iniciou 2017 com apenas reforços para o ataque - Jô e Luidy já haviam acertado com o clube no decorrer do Campeonato Brasileiro e o turco Kazim, do Coritiba, encaminhou a sua vinda recentemente. Na defesa, que continua a mesma, a situação é preocupante.

 

Enquanto Cássio e Walter são consideradas boas opções para o gol, o paraguaio Balbuena (que está na mira do mercado argentino - Racing e Boca Juniors já buscaram informações sobre o atleta), o veterano Vilson e os pratas da casa Yago, Pedro Henrique e Léo Santos se acostumaram com as contestações de torcedores.

 

O Corinthians, porém, tem dificuldades para reforçar o setor. Especula-se que o uruguaio Polenta, do Nacional, seja uma opção da diretoria. O atleta já enfrentou a equipe paulista pela Libertadores e não chegou a ficar na memória de boa parte da torcida.

 

O clube também quer proteger a sua zaga com a chegada de um primeiro volante. Rithely, que não tem tanto poder de marcação, tenta convencer o Sport a negociá-lo com o Corinthians, enquanto o Santos oferece Alison para tirar o meia Marquinhos Gabriel do Parque São Jorge.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Ronaldo tomou as dores da torcida brasileira diante de uma provocação virtual de Toni Kroos. Um dos algozes da Seleção na humilhante goleada sofrida nas semifinais da Copa do Mundo de 2014, o meio-campista alemão do Real Madrid desejou um "feliz 2017" aos seus seguidores no Twitter, mas substituindo os algarismos "1" e "7" por bandeiras do Brasil e da Alemanha , e causou revolta nas redes sociais.

 

"A pedidos… Feliz Ano Novo!", escreveu Ronaldo em seu Facebook, como legenda de uma fotografia da decisão da Copa do Mundo de 2002, em que marcou os dois gols da vitória brasileira sobre os alemães. No lugar dos algarismos "2" e "0" do seu "feliz 2017", o Fenômeno utilizou bandeiras do Brasil e da Alemanha. Ele ainda marcou o nome de Kroos em sua publicação.

A piada de Toni Kroos, feita em português, já havia causado revolta no lateral esquerdo Marcelo, seu companheiro de Real Madrid, que exigiu "respeito ao próximo sempre".

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Considerado uma das estrelas do Bayern de Munique, o holandês Arjen Robben disse que interpretou a ida para o clube bávaro como um passo atrás em sua carreira. Ele revelou que ficou frustrado quando o Real Madrid decidiu vendê-lo em 2009.

 

"Foi uma decisão difícil, a mais difícil da minha carreira. O Bayern não estava na elite europeia nesse momento. E foi um passo atrás para mim", afirmou o atacante, em entrevista ao canal Fox Sports.

 

 

Robben disse que a decisão de negociá-lo partiu do presidente Florentino Pérez, que havia regressado ao clube na época. A intenção do mandatário era recuperar parte do dinheiro que tinha sido usado para contratar nomes como Cristiano Ronaldo, Kaká, Benzema e Xabi Alonso.

 

"Disseram a mim e ao meu agente que o time poderia reaver parte do dinheiro se me vendesse. Mas não queria ter ido em um primeiro momento", afirmou. "Havia disputado a minha melhor pré-temporada, mas não tive a chance de mostrar a eles [que poderia ser útil]", acrescentou.

 

Robben tem brilhado com a camisa do Bayern de Munique e já conquistou diversos títulos de expressão, entre eles o pentacampeonato alemão e a Liga dos Campeões da temporada 2012-2013. O atleta de 32 anos costuma figurar entre os titulares do técnico Carlo Ancelotti e tem ajudado o clube a liderar a atual edição da Bundesliga. O time tem 39 pontos na competição - três a mais do que o vice-líder RB Leipzig.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

No primeiro dia do ano, o Arsenal fechou a 19ª rodada do Campeonato Inglês cumprindo com o dever de casa. A equipe de Arsène Wenger não precisou se esforçar muito para bater o Crystal Palace por 2 a 0. Os três pontos levaram os Gunners para a terceira colocação na tabela de classificação, agora com 40 pontos. Com isso, o Manchester City, que acabou derrotado pelo Liverpool neste sábado, deixa o G4 e cai para a quinta posição, já que o Tottenham também fez sua parte e venceu neste domingo. A equipe de Guardiola soma 39 pontos e o líder é o Chelsea com dez pontos a mais.

 

O primeiro grande destaque do jogo no Emirates não estava dentro de campo. Mesmo com chuva, uma temperatura de 5°C e o fato da maioria das pessoas ter passado a madrugada em festa por causa da virada de ano, impressionantes 59.975 torcedores compareceram nas cadeiras do estádio.

 

 

E toda essa fidelidade foi recompensada por Giroud. Aos 17 minutos, quando o Arsenal já ditava o ritmo do confronto como queria e até desperdiçava algumas chances claras, o atacante francês abriu o placar com um gol tão espetacular quando esquisito.

 

A jogada começou com um lindo toque de letra do próprio Giroud para puxar o contra-ataque. Na sequência, Alexis Sanchez abriu na esquerda e cruzou. Giroud ia passando da bola, quando decidiu bater de "escorpião", usando o calcanhar. A bola ainda encobriu o goleiro Wayne Hennessey e foi no ângulo, com a peculiaridade de tocar no travessão antes de entrar. Um golaço!

 

A vantagem poderia ter ficado ainda maior antes do intervalo, mas Hennessey fez pelo menos duas grandes intervenções para evitar uma goleada. O problema é que na segunda etapa o sistema defensivo do Crystal Palace bateu cabeça seguidamente até levar o segundo gol, aos 10 minutos. Alex Iwobi marcou de cabeça depois do zagueiro adversário afastar mal e deixar até o goleiro Hennessey fora do lance. Um gol muito comemorado, mas longe da beleza do tento marcado no primeiro tempo.

 

Com o jogo definido, o Arsenal diminuiu o ritmo e deu espaço para Petr Cech mostrar suas habilidades no gol em lances perigosos do Crystal Palace nas jogadas de bola parada. Nada que mudasse o cenário do 200º jogo do Arsenal no estádio Emirates. 

Agora, o time vermelho volta a campo na terça-feira, fora de casa, para encarar o Bournemouth, 10º colocado. Já o Crystal Palace, 17º, primeiro fora da zona de rebaixamento, com 16 pontos, dois a mais que o Sunderland, receberá o Swansea em seu estádio também na terça.

 

Confira todos os jogos e resultados da 19ª rodada do Campeonato Inglês:

 

Sexta-feira

 

18h00 Hull City 2 x 2 Everton

 

 

Sábado

 

13h00 Chelsea 4 x 2 Stoke City 

13h00 Manchester United 2 x 1 Middlesbrough 

13h00 Burnley 4 x 1 Sunderland 

13h00 Swansea City 0 x 3 Bournemouth 

13h00 Southampton 1 x 2 West Bromwich 

13h00 Leicester City 1 x 0 West Ham 

15h30 Liverpool 1 x 0 Manchester City

 

Domingo

 

11h30 Watford 1 x 4 Tottenham 

14h00 Arsenal 2 x 0 Crystal palace

 

Fonte: Gazeta Esportiva

O atacante Gabriel Jesus tem aproveitado ao máximo os últimos momentos no Brasil. O ex-jogador do Palmeiras  está realizando as últimas viagens e encontros com amigos e familiares antes de se mudar de vez para a Inglaterra. Ele defenderá o Manchester City, do técnico Pep Guardiola, a partir deste mês.

 

O treinador espanhol concordou em dar ao jogador de 19 anos um período de férias antes de se apresentar ao City. Em uma entrevista recente, Guardiola afirmou que Gabriel Jesus precisava de um descanso de até três semanas da intensa campanha que rendeu ao Palmeiras o eneacampeonato brasileiro.

 

 

O atacante aproveitou dezembro para participar de jogos beneficentes por todo o país. Ele também realizou uma viagem para a cidade de Guarujá com amigos, entre eles Kelvin, ex-jogador de Palmeiras e São Paulo. No dia 31, o atleta passou a virada de ano com a família e aproveitou para jogar uma pelada no bairro em que nasceu.

 

Apesar do estrelato, o atacante não deixou de frequentar o Jardim Peri em nenhum momento. O atleta vai com frequência ao bairro da periferia da Zona Norte de São Paulo para encontrar amigos. Ele publicou no último dia 31 um vídeo de um jogo que disputou na rua durante a madrugada. "Irei sentir saudades do Peri", escreveu.

 

Para se adaptar com mais rapidez à vida fora do Brasileiro, Gabriel Jesus procurou conversar com companheiros de Palmeiras que já defenderam clubes europeus. Um dos conselheiros do atacante foi o veterano Zé Roberto, que, aos 42 anos, acumula passagens pelos gigantes Real Madrid e Bayern de Munique.

 

"Nós conversamos bastante com o Jesus. Eu tenho uma proximidade de muito tempo com ele. Procurei orientar no sentido de facilitar a sua adaptação à Inglaterra. Fiz questão de fazer isso para que esse processo possa ser rápido para ele", afirmou o lateral esquerdo do Palmeiras.

 

Gabriel Jesus se mudará para a cidade de Manchester com a mãe, um irmão e dois amigos de infância. Ele visitou o município no início de dezembro para conhecer as instalações do clube e Guardiola. Ao comentar sobre a viagem, o jogador disse que levou uma dura do treinador por ter bebido um refrigerante durante um jantar.

 

No City, Gabriel Jesus chegará como a esperança de gols de uma equipe que não encontrou o melhor futebol nesta temporada. Guardiola tem enfrentado dificuldades para implementar seu estilo de jogo e admitiu que o objetivo para esta temporada é terminar o ano entre os quatro primeiros colocados do Campeonato Inglês.

 

Gabriel Jesus, que também é titular da Seleção Brasileira, encontrará o City já distante do líder Chelsea. O time está atualmente na terceira colocação, com 39 pontos - dez a menos do que o primeiro colocado. O vice-líder do torneio é o Liverpool, que bateu o City por 1 a 0, no sábado, e chegou aos 43 pontos.

 

Irei sentir saudades do Peri , principalmente do futebol da madrugada ! #meutimenaoperdeu #alômãe????

 

Um vídeo publicado por Gabriel Jesus Oficial (@dejesusoficial) em Dez 31, 2016 às 7:52 PST

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Oscar chegou a Xangai nesta segunda-feira depois de ter assinado pelo Shangai SIPG em uma transferência de 60 milhões de euros. Dezenas de torcedores foram receber o ex-jogador do Chelsea no aeroporto Pudong.

 

A chegada do brasileiro vem na sequência de outra grande transferência envolvendo uma equipe da cidade. Na última semana, o Shangai Shenhua havia acertado com Carlos Tevez, que receberá 38 milhões de euros por temporada, o maior salário do futebol.

 

O gerente de futebol do Shangai SIPG, Sui Guoyang, minimizou as preocupações levantadas pela imprensa estatal sobre uma bolha de mercado na riquíssima Superliga Chinesa e argumentou que os preços devem ser mais altos para atrair jogadores do futebol europeu.

 

"A liga está crescendo, então, isso se dará por meio de diferentes estágios", afirmou o dirigente à AFP. "Eu acredito que a partir de agora a Superliga Chinesa se tornará mais saudável e mais normal."

 

"No final das contas, se você não pagar o dinheiro, então ninguém desejará vir aqui", disse o torcedor Zou Jiahuo.

 

Oscar se juntará na nova equipe ao compatriota Hulk, que se transferiu em julho de 2016 por 55 milhões de euros, e será comandado pelo português André Villas-Boas.

 

ESPN.com.br

Pesquise no site

Amigos online

Temos 38203 visitantes e Nenhum membro online