Em uma longa entrevista exibida no programa Esporte Espetacular neste domingo na TV Globo, o técnico Tite discorreu sobre diversos assuntos relacionados à seleção brasileira, entre eles o crescimento do Neymar desde seu início de carreira no Santos. O treinador lembrou que o atacante evoluiu muito desde 2012, quando ainda trabalhando no Corinthians ele se envolveu em uma discussão com o então santista em um clássico na Vila Belmiro.

"De 2012 para 2016 ele teve um processo de maturidade muito grande. Ele foi para o clube certo. (Na época) ele preferia (cavar) a falta a ir ao gol. Cresceu, como todos nós crescemos. Em 2012 eu tinha uma série de erros. Eu quero avaliar a situação do momento, do crescimento que ele teve", disse ao ser lembrado daquela discussão pela apresentadora Fernanda Gentil.

Na ocasião, Tite ficou irritado com um "pisão" que o corintiano Guilherme Arana recebeu de Neymar e com o que interpretou como firulas do atacante na vitória do Santos por 3 a 2.

Se a questão da objetividade já está resolvida pelo craque, o técnico da seleção tem enfrentado questionamentos sobre o comportamento de Neymar dentro de campo. Recentemente o jogador tem mostrado irritação em alguns jogos e foi desfalque em partidas importantes do Brasil por punições, como na eliminação da Copa América de 2015.

Porém, Tite diz que os pedidos por mais disciplina têm de ser sutis para não inibir o craque. "Eu sempre tenho a disciplina como um aspecto fundamental para que a gente possa desenvolver em alto nível, mas eu tenho que ter, também, uma coisa muito sutil, porque senão inibo o atleta e tiro a competitividade. Tenho que medir, ainda não tenho a noção disso tudo", disse.

Tite ainda tratou de inúmeros outros assuntos na entrevista. Veja suas principais declarações.

Identificação pelo trabalho
"Eu tenho a compreensão do carinho (do torcedor) e é bom sentir desta forma. Fico muito orgulhoso de não ser identificado com um clube, mas com uma conduta. Consigo convocar um garoto de Flamengo, Corinthians e Palmeiras e as pessoas sabem que estou contribuindo para o esporte.

Observação na Série B (ele assistiu a Vasco x Atlético-GO no sábado)
"Existem jogadores de alto nível, eram duas equipes liderando a Série B. É uma responsabilidade profissional. Fui pelo conjunto da obra, até buscar um atleta individualmente. A qualidade técnica já conhecia. Conheço o Adrezinho, Nene é um jogador que quase levamos para o Corinthians..."

Rodízio de capitães
"Tem diversas características para um líder. Um que venha externar mais, tem o líder comportamental, o mais aguerrido dentro de campo, tem o líder técnico. Temos uma série de líderes para dividir a responsabilidade".

Rotina na CBF
"Chego na CBF às 10h da manhã e saio às 19h, com uma hora de almoço. Temos uma equipe que cuida de tudo e monitora os atletas. Só em Portugal são 130 atletas na Serie A. Nós acompanhamos 40 ou 50 de perto, mas claro que é uma lista aberta que sempre podemos ver outro jogador", afirmou.

Neymardependência
Acho que já não tinha antes. É injusto colocar num atleta de alto nível como Neymar todas as responsabilidade por vitória e derrota. Ou se tem uma equipe que se potencialize todas as situações individuais, senão o erro vai estar na nossa forma de atuar, na minha especificamente como técnico.

Como manter comprometimento com tantas redes sociais?
"Passei uma informação para eles, para refletirem, quando conversamos. Eu optei em um ano da minha carreira por ser comentarista esportivo e sei que as pessoas e eu, enquanto comentarista, não sou contra ou a favor de ninguém, eu apenas tenho que fazer meu comentário. Ou ele é de crítica ou de elogio, ou é de uma maneira tranquila, faz parte do jogo, faz parte da nossa atividade lidar com a crítica, com o elogio, qualquer que seja a rede social, o meio de comunicação."

Visita íntima na concentração
"Não vejo ainda essa possibilidade no dia anterior ao jogo, mas nós fizemos o seguinte na seleção, com o Edu: um dia pós, normalmente sãs dois jogos, ter um dia de folga, vai fazer a tua vida, vai curtir com a tua esposa, namorada, vai fazer aquilo que tu faz e que pessoas normais e naturais têm, cada um com suas responsabilidades."

Vai devolver a faixa de capitão ao Thiago Silva?
Primeiro estágio ele conseguiu, que era o retorno pelos méritos e pelo trabalho dele. É um dos atletas que tem esse perfil de liderança e vai estar dentro do grupo que vai estar com a braçadeira, sim.

Lado emocional do Thiago Silva e o peso após a Copa de 2014
Recebi uma pergunta legal quando fomos campeões brasileiros, que o Elias chorou, e que o repórter colocou assim: 'Tite, que legal, o Elias chorou e mostra o comprometimento, quanto de paixão ele tem pelo clube e quanto ele queria'. Aí eu falei: 'Interessante, em outro momento, de derrota, o choro é interpretado como desequilíbrio emocional. Eu não consegui entender'. A gente tem quer compreender que emoções fazem parte de nós. A razão e a emoção andam de forma juntas, não existe outra forma. Nem a coisa é extraordinária porque ganhou nem a outra é desequilíbrio porque perdeu.

Fonte: UOL

O segundo turno do Campeonato Brasileiro já teve oito rodadas completadas. E o desempenho do Corinthians até agora nesta fase da competição é muito ruim. Desabando na tabela do Brasileirão, o alvinegro tem campanha de time rebaixado considerando as oito rodadas do returno.

Com apenas duas vitórias (sobre Vitória e Sport), um empate (diante do Coritiba) e cinco derrotas (para Grêmio, Ponte Preta, Santos, Palmeiras e Fluminense), a equipe dirigida agora por Fábio Carille tem um aproveitamento de apenas 29,1%.

O desempenho só não é pior do que o de Internacional e Santa Cruz. O Corinthians somou até agora sete pontos no returno, enquanto que tanto o time gaúcho como a equipe pernambucana somaram 5 pontos cada. O lanterna América-MG, por exemplo, já somou oito pontos no returno, com aproveitamento de 33,3%.

E a queda vertiginosa do Corinthians no Campeonato Brasileiro pode ser vista em outros números. A partir da segunda metade do torneio, o time alvinegro possui o segundo pior ataque, com sete gols marcados. América-MG e Atlético-PR também balançaram as redes sete vezes nos últimos oito jogos, enquanto São Paulo, Grêmio e Internacional anotaram seis gols cada.

Antes ponto forte do Corinthians, o sistema defensivo também vem sofrendo no Brasileirão. No segundo turno, a equipe levou 12 gols, tendo a segunda pior defesa. Sport e Figueirense também tomaram 12 gols cada, enquanto o Santa Cruz buscou a bola nas redes 18 vezes nas últimas oito partidas.

Nos oito primeiros jogos do Brasileiro, o Corinthians obteve 13 pontos, somando quatro vitórias, um empate e três derrotas. Atualmente, o Corinthians tem 41 pontos na tabela, ocupando a sétima posição. O Santos, quarto colocado, tem 45.

O próximo compromisso do time de Fábio Carille no Brasileiro é no sábado, diante do Botafogo, no Rio de Janeiro. Antes, porém, o Corinthians desafia o Cruzeiro na quarta-feira, em Itaquera, pelo jogo de ida das quartas de final da Copa do Brasil.

Fonte: ESPN.com.br

Segunda, 26 Setembro 2016 00:00

Guarani vence mais uma e vai à semi da Fares Lopes

Escrito por

Em jogo válido pela quartas de final da Taça Fares Lopes o Guarani de Juazeiro venceu o Fortaleza por 3 a 1 na tarde deste domingo (25). Foi a partida de volta da fase. No primeiro jogo, no Castelão o Leão do Mercado venceu o Leão do Pici por 1 a 0.

O Guarani saiu na frente e logo cinco minutos Talisson deu belo passe para Netinho, livre na área, abrir o marcador fazendo 1x0. Aos 32 minutos Netinho foi o garçom. Serviu Kelvis que fez o segundo gol da equipe juazeirense. Ainda no Primeiro tempo, aos 40 minutos o Fortaleza descontou com Luis Henrique que recebeu de Maranhão. O primeiro tempo terminou 2 a 1 para o rubro-negro.

No tempo complementar o Fortaleza até foi pra cima do Guarani, chegava com perigo, mas não conseguia fazer o gol até que aos 31 minutos, em um contra-ataque puxado por Juninho, Netinho, mais uma vez, botou a bola nas redes dando números finais a partida.

Com a vitória, o Guarani conheceu o seu adversário na próxima fase. O Crato que derrotou o Guarany de Sobral por 1 a 0 também na tarde deste domingo em Sobral.

Fonte: Site Miséria

Outro jogo, outra história. O segundo Corinthians x Fluminense em cinco dias teve algumas semelhanças com o incendiário jogo da última quarta-feira, quando os paulistas eliminaram os cariocas em 90 minutos coalhados de erros (ou supostos erros) da arbitragem, que geraram reclamações até a bola rolar na tarde deste domingo, no mesmo Itaquerão. Com uma postura mais corajosa, o Fluminense — que teve mais chances de gol ao longo da partida — atuou como time grande, foi superior no primeiro tempo e, no segundo, suportou bem a pressão do adversário. Nos acréscimos, a insistência do técnico Levir Culpi com os cruzamentos de Gustavo Scarpa sobre a área finalmente deu resultado, com o gol de Cícero, que definiu a vitória tricolor por 1 a 0.

Ironia do destino, o gol do Fluminense foi irregular. O zagueiro Gum, que participou da jogada, estava impedido, mas a arbitragem validou o lance.

Fonte: O Globo

Mais um fim de semana movimentou jogos da 2ª Copa Amigos da Bola de Futebol Master. Confira abaixo os resultados da rodada completa de sábado (10) e domingo (11), na fase Quartas de Final da competição.

SÁBADO - 10/09/2016

Local: Estádio Monsenhor Cleano - GROAÍRAS
Jogo: Groairas Master (GROAÍRAS) 3 X 1 Novo Flamengo (SOBRAL)

Local: Mini Estádio Éder Venâncio - SOBRAL
Jogo: Brasil Sul (SOBRAL) 0 X 3 Ajax (VARJOTA)

DOMINGO - 11/09/2016

Local: Estádio do Junco - SOBRAL
Jogo: Sobral City (SOBRAL) 2 X 3 Padaria São João (SANTANA DO ACARAÚ)

Local: Estádio Braizão - SANTANA DO ACARAÚ
Jogo: Juventude de Alvaçam (SANTANA DO ACARAÚ) 0 X 0 Regare Master (MORRINHOS)

A Copa Amigos da Bola de Futebol Master é realizada anualmente e promovida pela SS Publicidade, Toca do Esporte, Equipe Amigos da Bola e Sobral Portal de Notícias, contando com o apoio da Rádio Coqueiros FM 95,3 e do Site O Amadorismo. Nesta 2ª edição terá o troféu de campeão com o nome de Zé Diomar Auto Vidros. A premiação total é de R$7000,00.

O Fortaleza fez o dever de casa na Arena Castelão e goleou o Remo no sábado, quando venceu por 4 a 1 na Série C. Daniel Sobralense, Rodrigo Andrade, Corrêa e Juninho marcaram para o Tricolor do Pici. A vitória convincente trouxe também um desafio para o técnico Marquinhos Santos. Dos 11 titulares, sete estão suspensos para o jogo contra o Botafogo-PB. A equipe se reapresenta na próxima terça-feria (13), no período da tarde.
Daniel Sobralense, Juliano, Corrêa, Anselmo, Edimar, Lima e Wilian Simões levaram outro amarelo e estão fora do próximo jogo que pode manter o Fortaleza na ponta do Grupo A. No entanto, isso não preocupa o técnico Marquinhos Santos.
- Fiquei chateado com alguns cartões que ocorreram. No caso de Anselmo e Corrêa, que foram situações normais de jogo. Essas ausências contra o Botafogo... Nós temos que ir pra lá e buscar o primeiro lugar do grupo. Não podemos deixar de abrir mão disso. Nós temos que buscar condição de ter o melhor grupo. Sabemos que não teremos esses sete atletas, mas temos um grupo titular para alcançar esse objetivo - enfatizou o treinador.
Classificado com uma rodada de antecedência, após vencer o Remo, o Fortaleza volta a campo no próximo domingo, às 19 horas, quando enfrenta o Botafogo-PB no Almeidão. O Tricolor do Pici tem 29 pontos e lidera o Grupo A da Série C.

Fonte: Globo Esporte/CE

Segunda, 12 Setembro 2016 00:00

Icasa empata em Crato e dá adeus a temporada 2016

Escrito por

Jogando no estádio Mirandão o Icasa empatou a partida contra a Equipe do Crato em 1 a 1 na tarde deste domingo (11). O jogo foi válido pela última rodada da primeira fase da Taça Fares Lopes.

O time do Crato ainda perdeu um penal aos 47 minutos do segundo tempo.

O Verdão do Cariri fez uma de suas piores temporadas de sua história desde que se tornou profissional. Rebaixado no Cearense, último colocado no grupo da Serie D do Cearense e hoje, pela Fares Lopes, marcou apenas um gol na competição.

O Icasa agora só joga profissionalmente no ano de 2017. Já o Crato segue na Fares Lopes.

Fonte: Site Miséria

Sem perder há quase um mês e meio, quando caiu diante do Botafogo na Ilha do Governador, o Palmeiras inicia uma das semanas mais importantes de sua temporada tentando evitar um clima de guerra para o duelo contra o Flamengo, às 21h45 da quarta-feira, no Allianz Parque. O técnico Cuca prevê um "grande jogo" contra os cariocas, mas fugiu do rótulo de "decisão antecipada" ao citar o confronto diante do Corinthians, no sábado, na arena do rival. Para ele, todos os jogos a partir de agora têm a mesma importância.

"[O jogo contra o Flamengo] É mais uma partida decisiva, como era contra o Grêmio. Eu acho bom entendermos o campeonato. As equipes passam por momentos. Algumas equipes vivem bons momentos, casos de Palmeiras e Flamengo. E sábado que vem, lá na Arena Corinthians? Não vai ser uma decisão? São jogos com cara de decisão. Para quem quer ser campeão, todos os jogos têm essa cara", analisou, após o empate sem gols contra o Grêmio.

"O Flamengo cresceu e venceu os últimos jogos. Isso não se deve a um só jogador [Diego]. É um prenúncio de um grande jogo", acrescentou.

Com 78,7% de aproveitamento dentro do Allianz Parque neste Campeonato Brasileiro – dos onze jogos disputados na casa alviverde, só três não terminaram com vitória do time da casa –, o Palmeiras tem no fator campo um trunfo para que o roteiro de 2009 não seja repetido.

Na ocasião, o Palmeiras recebeu o Flamengo no Palestra Itália, pela 30ª rodada do Brasileiro, em situação semelhante: era o líder do campeonato, enquanto os cariocas ocupavam a segunda colocação, quatro pontos atrás. Uma atuação impecável de Petkovic, autor de dois gols no duelo, marcou a arrancada rubro-negra para o título e a queda de rendimento do Alviverde naquela temporada. Nas últimas oito rodadas, o clube paulista venceu apenas duas vezes e não conseguiu sequer a classificação para a Libertadores.

O Flamengo não vence o Palmeiras em São Paulo desde aquela partida.

Fonte: UOL

Segunda, 12 Setembro 2016 00:00

São Paulo agenda reunião com Michel Bastos

Escrito por

O São Paulo vai ser reunir nesta segunda-feira para definir o futuro do meia Michel Bastos. O novo diretor-executivo, Marco Aurélio Cunha, disse neste domingo que quer conversar para avaliar a situação do atleta, que está desconfortável no clube por ter sido agredido por torcedores, há duas semanas, em invasão do CT.

"Não minto para vocês. Ele ainda está extremamente abalado com isso. Tem que se recuperar logo. Temos que ver como ele seus seguir com sua história no São Paulo. Ele pode sair, sim", disse Cunha no Morumbi, onde o time bateu o Figueirense por 3 a 1 e se recuperou no Campeonato Brasileiro. O dirigente, substituto de Gustavo Oliveira, foi aplaudido pela torcida ao aparecer no gramado.

Michel Bastos não tem sido relacionado pelo técnico Ricardo Gomes por estar abaixo das condições físicas e técnicas ideais. O meia de 33 anos, contratado em agosto de 2014, tem vínculo até o fim de 2017, com a possibilidade de renovação automática por mais um ano. Além dele, na invasão também foram agredidos mais dois jogadores do elenco, o lateral-esquerdo Carlinhos e o meia Wesley.

Destaque no time na campanha da Copa Libertadores, o jogador já disputou 11 partidas pelo Brasileiro, o que impediria uma possível saída para outra equipe da Série A. "Vou conversar seriamente com ele. Vamos resolver de forma profissional, justa e correta para as duas partes para ver qual será o destino e identificar o que está errado", afirmou Cunha.

O técnico Ricardo Gomes disse que na segunda-feira vai conversar com o meia e admitiu que o momento é delicado. "Ele não vive uma boa fase mental. Estamos tentando conversar com ele, para recuperar. O Michel está com muitas dúvidas. Consequentemente, a chegada do Marco (Aurélio Cunha) vai nos ajudar. Depende dessa reunião amanhã. É um jogador que tem qualidade, só precisa melhorar o nível de performance", disse o treinador.

Fonte: BAND

Pesquise no site

Amigos online

Temos 38614 visitantes e Nenhum membro online